3 Séries da Netflix para filósofo nenhum botar defeito.

Quem gosta de pensar e, especialmente como eu, é fã do Raciocínio Dedutivo vai amar as dicas destas séries em cartaz na Netflix.

Cheias de diálogos profundos e dilemas existenciais muito próximos da realidade estas séries vão aprisionar você pela mente.

Quem não gosta do óbvio não vai conseguir parar de assistir.

Meus alunos de filosofia estão intimados a assistir.

Se você gostou (ou também se não) compartilhe seu comentário ao final deste post.

São elas:

1) Sherlok > Sherlock é uma série de televisão de drama policial baseada nas histórias do detetive Sherlock Holmes escritas por Sir Arthur Conan Doyle. Criada por Steven Moffat e Mark Gatiss, é estrelado por Benedict Cumberbatch como Sherlock Holmes e Martin Freeman como o Doutor John Watson. Sendo exibida desde 25 de julho de 2010, já foram produzidos treze episódios para série, transmitidos em quatro temporadas de três episódios cada, além de um especial exibido no inicio de 2016. (Fonte: Wikipédia)

2) Elementaríssimo > Elementary (Elementaríssimo (título no Brasil) ou Elementar (título em Portugal)) é uma série de televisão estadunidense criada por Robert Doherty, estreou na CBS em 27 de setembro de 2012. Ela apresenta uma versão contemporânea do personagem Sherlock Holmes, criado por Arthur Conan Doyle, mas com as histórias se passando nos Estados Unidos. É estrelada por Jonny Lee Miller, como Holmes e Lucy Liu, como Watson.(Fonte: Wikipédia)

3) Dr. House > House, M.D.[ ou simplesmente House (no Brasil, Dr. House) é uma aclamada série médica norte-americana criada por David Shore e exibida originalmente nos Estados Unidos pela Fox de 16 de novembro de 2004 a 21 de maio de 2012. Seu personagem principal é o Dr. Gregory House, interpretado pelo ator inglês Hugh Laurie. A série passa-se num hospital universitário fictício chamado Princeton-Plainsboro Teaching Hospital, na cidade de Princeton no estado de Nova Jersey, nos Estados Unidos. House é um infectologista e nefrologista que se destaca não só pela capacidade de elaborar excelentes diagnósticos diferenciais, como também pelo seu mau humor, ceticismo e pelo seu distanciamento dos pacientes, comportamento anti-social (misantropia), já que ele considera completamente desnecessário interagir com eles. (fonte: Wikipédia)

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • LinkedIn - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Black Instagram Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Black Facebook Icon
  • YouTube Basic Black
  • Facebook - Black Circle

© 2013 por TOUCH UP ESCOLA DE NEGÓCIOS. Todos os direitos reservados.

Belo Horizonte, MG

+55 (31) 98430-9148

Recife, PE

+55 (81) 99302-2297

E-mails:

touchupbh@gmail.com